[RESENHA] Raziel - Trilogia Saints #02 - Katherine Laccom't

05:30:00

Raziel - Trilogia Saints #02 - Katherine Laccom't

Depois de conhecer Gabriel e nos apaixonarmos por seu jeito bruto mafioso, mas protetor e até mesmo romântico, agora conhecemos a história de Raziel. Um homem que sofreu uma grande traição no passado e hoje está sendo obrigado a encontrar uma esposa.
Raziel é um homem quieto, com dolorosas feridas do passado, ele é o homem “sensato” da tríade. Quando sua mãe faz o ultimato para que encontre sua esposa em um mês, ele se vê desesperado, até que Lisabeth e seu filho, Haniel entra em sua vida. Ele não esperava que tudo fosse mudar, criar afeição pela criança e desejar a mãe. Descobrir que ela é a “esposa ideal” para ele e mais, criar sentimentos por ela. As coisas saíram do controle, principalmente quando o seu passado volta para confrontar os pesadelos que tanto atormenta Raziel.
Lisabeth após perder seus pais, se vê no caminho de um homem cruel, que a encantou, deixou grávida, a roubou e hoje volta para a sua vida somente quando precisa de dinheiro. Seu único presente em meio a todo o pesadelo que vive, é seu filho, Haniel ou Hunny. Ela sabe que precisa de ajuda e proteção, Lilly só não esperava que viesse de um dos homens mais poderosos e totalmente misterioso. Ver seu filho se apegar ao Raziel, fez seu coração de mãe derreter, sentir todo o cuidado e proteção de Raziel, além da forte atração que sente por ele, fez a mulher, antes adormecida, surgir. Apesar de não acreditar mais em finais felizes, ela se vê aceitando um casamento, principalmente para proteger seu filho, mas mesmo que ela não desejasse, sentimentos nasceram, porém, o o passado retorna para bagunçar toda a sua vida novamente. Vemos que a ameaça se faz presente e ela precisa escolher entre proteger seu amado ou deixa-lo para trás.
Esse foi o livro mais “fofo”, apesar de ser de um mafioso. Raziel é um homem doce, eu o vejo como um príncipe, mesmo que se faça de durão. O contato dele com Hunny me deixou completamente derretida e ver o quão sensato ele acaba sendo em meio a toda confusão, me deixou mais apaixonada, mesmo que por um momento as coisas tenham desandado, ainda assim, Raziel conseguiu se infiltrar em meu coração e me deixar suspirando por ele. 
A autora soube trabalhar os pontos principais, como o amor de mãe, a traição, os cuidados, as brigas, os problemas, o amor nascendo aos poucos e até mesmo dosar o erotismo do livro. Ou seja, as coisas não foram exageradas e nem deixou pontas soltas, foi tudo na medida certa. Uma leitura rápida, simplesmente devorei o livro, assumo. E como o livro nos apresenta ambos os pontos de vista dos personagens, você consegue compreender os pensamentos e sentimentos, e entender o que motivou a decisão de cada personagem, o que ajudou a amenizar a raiva que senti em alguns momentos.
Com uma capa simples, porém, combinando com o tema, a editora manteve a mesma identidade visual do livro anterior e isso foi outro ponto positivo. Também temos uma boa diagramação e revisão, tornando a leitura bem fluída e apaixonante.
Se indico o livro? Com toda a certeza, principalmente se você leu o livro anterior. Raziel conseguiu roubar meu coração com o seu jeito “príncipe de ser”.

“-Seja bem-vinda aos Saints, Lisabeth. Em um impulso absurdo, falo alto demais: - Lilly! Vislumbro seu sorriso de canto e um arrepio percorre minha pele. Deus me ajude.”


Leia Raziel

TALVEZ VOCÊ GOSTE

0 comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *