[RESENHA] Cidade dos Fantasmas - Daniel Waters

05:30:00

Cidade dos Fantasmas - Daniel Waters

Cidade Fantasma é um romance, com uma dose de mistério, suspense e fantasia. Esse é aquele tipo de livro que você começa e não consegue parar. Apesar de algumas coisas terem me irritado, principalmente na personagem principal, ainda assim, a história no geral te prende e você deseja desesperadamente descobrir como serão as coisas no final. 
A história acontece após o grande “Acontecimento”, uma catástrofe que acabou matando milhares de pessoas e abrindo uma fenda entre o “mundo mortal” e o “mundo dos espíritos”. As pessoas precisam conviver com fantasmas, mesmo que não seja algo fácil, afinal, nem todos compreendem e existem aqueles que tem medo, mas muitas pessoas se habituaram aos fantasmas e entre essas pessoas, temos Verônica. Uma garota que não teme os mortos, ela simplesmente aproveita a sua vida. Mesmo que todos os dias ela acorde e acabe encontrando seu pai ou quando ela sai andando na rua e vê algum fantasma por aí, Verônica não se abala verdadeiramente com esses espíritos. Porém tem algo que acabou sendo previsível demais na história: os fantasmas sempre fazem a mesma coisa, na mesma hora e por um curto período. 
Também temos o Kirk, um garoto meio nerd, meio fechado, mas que sempre teve sentimentos pela Verônica, aceita participar de uma atividade extracurricular apenas para ser capaz de se aproximar dela. E ele acaba chamando a atenção Verônica, mas por algum motivo, que acabou me deixando um pouco confusa, ela o repelia, mas o queria por perto. Em meio a tudo isso, também existe um “novo fantasma” que se faz presente na vida de Verônica, algo que com certeza chamou a atenção dela, além de acabar criando uma certa “afeição” por esse fantasma ao longo da história. Além desses “problemas” que cercam a vida de Verônica, existe algo obscuro que atormenta a região onde ela reside. Antes do acidente ocorrer, uma moça, Mary, foi morta e atualmente ela vive na porta de August, o seu antigo professor e um suspeito da morte dessa moça. Também há um novo problema nessa cidade: novos fantasmas aparecem todos os dias, o que acaba fazendo com que as pessoas se questionem se existe uma nova catástrofe se aproximando. 
Verônica acaba sendo inserida em meio aos mistérios, seja pela morte da moça, pelo fantasma do Brian que está sempre em seu banheiro ou pelo motivo de novos fantasmas surgirem diariamente. 
Eu adorei o livro, apesar de me incomodar o fato de não ter explicado o que causou o “Acontecimento”. Ele é citado em diversos momentos na história, seja para explicar os fantasmas ou somente para mostrar como isso afetou a vida de todos, mas explicar o que realmente houve ficou em falta. Fora isso e algumas atitudes de Verônica que acabaram me irritando um pouco, além do súbito interesse no fantasma de seu banheiro, afinal, ela passou muito tempo simplesmente ignorando os fantasmas. Fora isso, a história é maravilhosa, principalmente por deixar claro o culpado, mas nos deixando com grandes dúvidas, como por exemplo “o culpado vai ser pego? ”, “se alguém morrer, vai voltar? ” e algumas outras perguntas, que ao longo do livro acabam sendo respondidas. Essa história é praticamente um quebra-cabeça onde você tem todas as peças, mas falta encaixa-las corretamente e esse será mais um dos motivos para desejar terminar o livro, além das teorias sobre os fantasmas e o motivo de seu aparecimento. 
Apesar de ser um livro em terceira pessoa, algo que tenho alguns passos atrás, o autor soube trabalhar esse fator. Com uma escrita leve e fluída, você consegue ir lendo e não se perdendo em meio a troca “de ponto de vista”. Além disso, a capa é totalmente atrativa. Creio que foi a primeira coisa que me chamou a atenção. Também temos uma diagramação e revisão impecáveis, tornando a leitura ainda melhor e mais rápida. 
Se eu indico esse livro? Se você gosta de um suspense com uma dose de romance e mistério, com certeza vai amar esse livro.


Leia Cidade dos Fantasmas

TALVEZ VOCÊ GOSTE

0 comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *