[RESENHA] Cress - Crônicas Lunares #03 - Marissa Meyer

Já contei que estou apaixonada pela série As Crônicas Lunares ? Pois bem, a cada novo livro lido, é um novo amor adquirido. Dessa vez te...

Cress - Crônicas Lunares #03 - Marissa Meyer

Já contei que estou apaixonada pela série As Crônicas Lunares? Pois bem, a cada novo livro lido, é um novo amor adquirido. Dessa vez temos a releitura de Rapunzel, com os longos cabelos e tudo, mas de uma forma bem futurista e mais humana. 
Cress é uma cascuda, ou seja, ela não tem o dom lunar, mas tem um dom muito melhor, ela é uma hacker que está em um satélite em órbita, fazendo o “trabalho sujo” para a Rainha Levana. Uma garota doce, insegura, vulnerável e totalmente inocente sobre a vida, tendo somente como amiga a Pequena Cress, uma programação feita por ela para passar o tempo e não sentir tanta solidão, Cress é uma doce garota e mais ainda, ela é inteligente e apesar de não perceber ainda, corajosa, apesar de tudo. Morando por muito tempo sozinha, recebendo “visitas” de Sybil, a dramaturga (ou somente ajudante de confiança) da rainha, Cress cresceu acreditando que tinha sido descartada pelos pais e sonhando em poder conhecer a Terra e além de viver um lindo romance. No entanto, ela precisa ajudar Cinder, ela vê os noticiários, ela sabe o que está acontecendo e mesmo que seja contra tudo o que sempre aprendeu, ela está disposta a ajudar Cinder e o Capitão Thorne. Quando ela vê a chance de fugir do satélite com ajuda de Cinder, tudo dá errado e ela acaba perdida no meio do deserto, junto com o seu príncipe salvador, o capitão Thorne. 
Novamente nos vemos diante do grande problema que Levana está causando. Kai noivo dela, colocando toda a Comunidade em risco, apesar de acreditar estar ajudando seu povo e evitar uma grande guerra, Cinder em busca de meios para destronar Levana e precisando aprender sobre seu poder, enfim ela vai a África encontrar o doutor Dmitri para poder ajudá-la a salvar Lobo, que acaba de “perder” sua alfa, sua Scarlet. Tudo está de pernas para o ar e ela precisa de soluções, de um plano. 
No decorrer do livro, nós conhecemos mais sobre Thorne. Vemos o lado encantador dele, as armações que ele já praticou no passado e torcemos para que tudo termine bem para ele e Cress, perdidos no deserto e depois lidando com mercenários. Além disso, mais segredos são revelados e dessa vez não somente as armações de Levana, mas também as consequências das atitudes que a rainha tomou e que mudou a vida de muitas pessoas. 
Eu me sinto muito apaixonada por esse livro. Vemos um preconceito ser quebrado, vemos o desenvolvimento de Cinder, o amadurecimento dela tanto no quesito decisões como nos poderes, compreendemos os medos dela. Também conhecemos Cress, vemos a importância dela para que tudo ocorra bem, temos uma doce e sonhadora garota aprendendo sobre a vida fora do satélite, sobre sentimentos e amizades. Não posso esquecer de Thorne. Conhecer um pouco mais da história dele, ver que, mesmo que ele não perceba, tem um enorme coração e está mudando alguns pensamentos sobre o que “era certo”, me fez apaixonar um pouco por ele. Da mesma forma que estou deslumbrada por Lobo e a sua lealdade, seu sofrimento sem Scarlet e a determinação de estar ao lado dela. Também temos o Kai, tomando atitudes de um verdadeiro rei, mesmo que isso o destrua. Se preocupando com a sua comunidade e sofrendo com as dúvidas sobre Cinder e os sentimentos que nutre por ela, além de claro, as descobertas que ele vai fazendo ao longo do processo. E por fim, mas não menos importante, Iko. A nossa pequena androide que é “mais humana” do que muita gente. Ela quem traz os momentos divertidos, quebrando toda a tensão que existe na história e todos os problemas. 
Todos os personagens têm a sua importância e todos, mesmo que ainda não vejam, se tornaram uma boa família. No entanto, eles irão precisar lidar com a traição e novamente se colocar em risco, para impedir um casamento e conseguir apoio do nosso Kai, para que assim, eles consigam destronar Levana e acabar com o reinado de terror dela. 
Se eu encontrei algum ponto negativo no livro? Não! Como eu disse e para sempre irei repetir, é uma história maravilhosa. Uma fantasia totalmente criativa, futurista, com muito tiro, porrada e bomba, e amor juvenil, tornando cada personagem um mais apaixonante que o outro. 
Além disso, temos uma capa simplesmente maravilhosa! Ela combina totalmente com o livro e é atrativa. Com uma diagramação linda e uma revisão maravilhosa, não encontrei defeito nenhum nesse livro. 
Uma história contada em terceira pessoa, mostrando todos os momentos importantes intercalando acontecimentos para cada personagem, temos uma história e personagens bem construídos. E mesmo que seja uma releitura dos contos de fadas, a autora sabe mesmo usar o lado futurista, com toda a tecnologia e a ficção científica sendo bem descritos e não deixando margem para dúvida. Indico que leia todos os livros, desde o primeiro e não se assuste com o “tamanho do livro”, pois quando você pega para ler, nem vai perceber que já terminou, mas com certeza vai ansiar pelo próximo da mesma forma que novamente me encontro.


Leia Cress
Amazon

Talvez você goste

0 comentários