[RESENHA] A Poção Mortal: Diário de uma Garota Alquimista - Potion #03 - Amy Alward

A Poção Mortal é o último livro da trilogia Potion e com certeza a história não me decepcionou, só acho que precisa de um spin-off, porq...

A Poção Mortal: Diário de uma Garota Alquimista - Potion #03 - Amy Alward
A Poção Mortal é o último livro da trilogia Potion e com certeza a história não me decepcionou, só acho que precisa de um spin-off, porque preciso muito de um pouquinho mais de Zain e Sam. 
Depois do final arrasador de A Poção Perdida, temos a Princesa Evelyn doente, mesmo que ninguém saiba ao certo como isso ocorreu e não consigam contato com ela, tudo o que Sam tem é a sua crença e a experiência que teve com o atual marido da princesa, o príncipe Stefan. Com a sua imagem manchada para mídia, Sam toma a decisão de aceitar fazer o documentário sobre ela e assim poder contar a sua história de modo correto, sem a distorção da mídia. Sam só não esperava ter de viajar para o outro lado do mundo para descobrir mais sobre sua família e a doença da Princesa Evelyn. 
Indo viajar com o apoio de Zain e de uma ajuda inusitada, Sam viaja junto com a equipe de filmagem e em Zhonguo e é nesse lugar carregado de história sobre os alquimistas que ela descobre coisas importantes sobre sua família e sobre a doença que assola a princesa e pode afetar toda Nova, caso esse “vírus” se espalhe. Além de tudo isso, Sam precisa lidar com o príncipe causando problemas e colocando Talentosos e Comuns uns contra os outros, e claro, ainda precisa descobrir quem é o responsável por esse problema e ainda encontrar o principal ingrediente da poção para se livrarem dessa doença. São tantas coisas acontecendo e ainda vemos Zain e Sam juntos, mas afastados. Ele enfrentando uma crise existencial e ela preocupada em salvar o mundo. O grande desafio de Sam está acontecendo agora e novamente, ela é a única capaz de ajudar a todos. 
Uma história fantástica, com muitas aventuras, surpresas e amizades incríveis. Descobertas interessantes e ingredientes que me fazem pensar se realmente servem para determinadas coisas, afinal, adoraria poder usar alguns daqueles ingredientes na vida real. A história é incrível, você acaba se aventurando junto com a Sam, entrando no mundo incrível em que vivem e se apaixona novamente por toda essa aventura e suspense que cerca a vida da protagonista. 
Acho que esse foi o livro mais intenso da trilogia, afinal, você se vê meio criando sentimentos conflitantes sobre os vilões, acaba criando grandes teorias sobre o futuro de Zain e Sam e no final, ainda fica em aberto o que será da vida de Sam, mesmo que o final tenha sido digno de todo o livro, mostrando que antes e acima de tudo, a amizade prevalece, quis um pouco mais do casal Zain e Sam, e o que esperar no futuro de Sam. 
No geral, a trilogia é incrível. Você se vê imerso nesse mundo fantasioso desde o primeiro livro e a cada capítulo é um novo aprendizado, uma nova descoberta e mais mistérios. Uma mocinha forte, que não precisa de um príncipe encantado para salva-la, ela é a protagonista total, com amigos incríveis e pessoas maravilhosas ao lado dela, Sam nos mostra que a força vem de nós mesmos e do apoio de pessoas importantes em nossas vidas. É uma trilogia repleta de, antes de tudo, aprendizado e foi isso que mais amei em todas as histórias. 
Junto a tudo isso, temos uma capa incrível e o melhor é que sempre manteve a identidade visual, com uma revisão e diagramação incrível, sempre separando os pontos de vistas, a editora soube fazer um ótimo trabalho com o livro inteiro. Sinto falta de um spin-off? Sim, eu sinto. Preciso demais de um pouco mais do futuro da Sam e para mim, somente isso basta para tornar tudo perfeito. Porém, essa com certeza é uma das trilogias que sempre irei indicar. Aquela leitura que se pode ler em qualquer idade, em qualquer lugar e é totalmente apaixonante.


Leia A Poção Mortal

Talvez você goste

0 comentários