[RESENHA] Tudo e todas as coisas - Nicola Yoon

14:54:00

Tudo e todas as coisas - Nicola Yoon
Começamos o livro conhecendo Madeline Whittier, uma jovem de 17 anos, o mesmo tempo que ela não sai de casa, mais precisamente do seu quarto. Ela sofre de uma doença chamada SCID (Imunodeficiência combinada grave), uma condição de saúde rara que faz com que ela tenha alergia ao mundo fora da sua casa, seu mundo se resume em estudar arquitetura online, ler livros, ver filmes e ter a noite de jogos com a sua mãe. 
Porém, sua rotina muda quando pela janela do seu quarto, ela começa a observar uma movimentação na casa dos vizinhos, ela então percebe que uma nova família está se mudando, trazendo junto Olly, o cara que irá mudar completamente o modo dela ver e viver a vida. Como não pode sair de casa, os dois começam a se comunicar pelas trocas de olhares pela janela e de celular. 
Como se não bastasse o drama que Made vive, vamos aos poucos, percebendo que a vida de Olly não é nenhum mar de rosas, pois o garoto vive em meio aos dramas que sua família enfrenta, além de ter um pai abusivo e extremamente problemático. 
Como tudo mudou para Madeline desde que conheceu Olly, ela decide viver pela menos uma, vez na vida, quebra todas as regras impostas pela sua mãe, o sonho da menina sempre foi conhecer o mar, e graças a esse sonho, que ela toma coragem, compra duas passagens para o Havaí, e parte mundo afora levando Olly junto. 
A viagem de fato é um sonho, até que Made passa mal e preciso levá-la a um hospital, com isso ela não percebe que não foi só a sua vida que ela pôs em risco, já adianto que a partir daí a trama ganha uma reviravolta, que me fez odiar a mãe de Made para sempre. 
Bom, vou parando por aqui se não me empolgo e acabo falando mais do que devo, a trama é muito envolvente, narrada em primeira pessoa, e cheia de elementos que te fazem querer ir até fim, por passar horas e horas lendo, somos capazes de ler resenhas de livros feitas por Made, anotações que ela faz em seus livros preferidos, as definições para as novas emoções que ela é capaz de experimentar, ilustrações sobre como ela se sente quando está com Olly, listas sobre a dor de querer viver e não ter oportunidade, os desejos de querer conhecer o mundo e tudo o que ele pode oferecer . 
Madeline é dona de uma personalidade incrível, mesmo com todo seu problema, não deixa a peteca cair e faz de seu mundo particular, um lugar maravilhoso. É praticamente impossível não se apaixonar por Made e Olly, a amizade bonita que os dois criam, que vai muito além do romance, as partes engraçadas, as tristes, tudo faz com que o livro se torne muito bom. 
A primeira vez que li esse livro, foi com a capa original que eu já havia achado super bonitinha, porém após o lançamento do filme, tivemos a versão com a capa do filme, no qual além de encontrar a história, também temos fotos do filme, e confesso a capa com os personagens, fez com o livro se tornasse mais legal ainda. 
A editora Arqueiro, fez um trabalho muito bom no livro, não encontrei erros ortográficos visíveis, diagramação está impecável. 
Um ponto negativo foi o desfecho da trama, acredito que se a autora tivesse dado um final melhor do que foi escrito teria me agrado mais, porém ela conseguiu todos os sentimentos da personagem, que independente de ter uma doença ou não, é muito difícil viver, mas que apesar de tudo vale a pena , a trama é repleta de ensinamentos e descobertas, e nos mostra que o mundo pode ser um lugar perigoso, mas que precisa ser explorado e vivido. 
Recomendo muito a leitura, espero que vocês se envolvam tanto quanto eu me envolvi e que amem tanto Madeline e Olly como eu amei!


Leia Tudo e Todas as Coisas


TALVEZ VOCÊ GOSTE

0 comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *