[RESENHA] Entre No Jogo - Tatiana Pinheiro

14:24:00

Entre No Jogo - Tatiana Pinheiro
Sabe aquela comédia romântica que você devora? Entre no Jogo é esse livro. Uma mocinha sem travas na língua, romântica, meio machucada, mas ainda assim otimista e amiga de todos os que merecem. Um mocinho também meio machucado, educado, meio safado e bem objetivo, apesar de conter os seus segredos, ainda assim é um homem maravilhoso e carinhoso. Duas pessoas que são meio diferentes, mas que juntas se completam, um casal que precisa lidar com a verdade, mesmo que seja dolorosa e necessitam aprender que não existe forma de ser feliz vivendo no comodismo que outro alguém pode oferecer, Juli e Augusto é aquele casal improvável, mas que são perfeitos juntos. 
Eu simplesmente amei conhecer a Juli. O seu lado nerd, meio desastrado, sua sinceridade, seu otimismo e a sua cabeça meio oca. Ver uma mulher que vive sozinha, sendo independente, mas não deixando de amar muito a sua família, uma mulher capaz de amar as pessoas, de ser carinhosa e amiga, dar tudo de si por aquilo que ama e ser esforçada em tudo o que faz, conhecer Juli com certeza foi uma grande lição não só para mim, leitora, mas para as pessoas ao redor dela. E foi o seu jeito doce, inocente, tagarela e meio destrambelhado que encantou Augusto logo de cara. 
Um homem que está em busca de novos desafios e procura uma forma de curar a ferida dentro de si, ele não contava com uma doce mulher falante sendo a “sua babá”, entrando aos poucos em sua vida e mudando muita coisa dentro dele. Augusto, o homem sério e controlado, cai por uma mulher meio louca e muito apaixonante, e ele sabe que resistir a ela será impossível, mas ele ainda tem um grande problema a ser resolvido. 
A inveja e os segredos causaram a destruição. Trouxe dor, mas também grandes lições. O amadurecimento foi inevitável e a necessidade de se redimir para não perder quem ama é necessário e apesar de ser doloroso, as verdades precisam ser ditas para serem capazes de seguir em frente. 
Assumo que não dava nada para o livro, mas adorei conhecer a Juli, ri horrores com as maluquices dela. Me apaixonei pelo Augusto, ele soube me cativar e roubar meu coração. Desejei ele para mim, mesmo quando quis bater nele por tanta babaquice. Um livro contado praticamente inteiro pela Juli, mas com alguns momentos do Augusto. Com sexo, amor, aprendizado, carinho e muitas maluquices, adorei demais esses dois. Senti falta de alguns castigos para certas pessoas, pelo menos um ponto de vista de quem estava presente no momento da caída, como também senti falta de um “futuro” deles, apesar de ter tido o “futuro próximo”, queria o longo prazo. Sinto que eles mereciam isso. 
A capa do livro é linda. Simples, sem excessos e linda. Junto a isso, temos uma boa diagramação, mas senti falta de uma revisão final, nada que atrapalhe a leitura, mas para correção de pequenos erros aqui e ali. No entanto, ainda indico a leitura, é gostoso e bem rápido, li em uma madrugada só e não me arrependo disso.


Leia Entre no Jogo

TALVEZ VOCÊ GOSTE

1 comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *