[RESENHA] Na Sua Pele: Rule - Homens Marcados #01 - Jay Crownover

Na Sua Pele é maravilhoso demais e fiquei me perguntando: Porque demorei para te ler, Rule?  É meio clichê? Sim, é. Tem bad boy, mocin...

Na Sua Pele: Rule - Homens Marcados #01 - Jay Crownover
Na Sua Pele é maravilhoso demais e fiquei me perguntando: Porque demorei para te ler, Rule? 
É meio clichê? Sim, é. Tem bad boy, mocinha rica com problemas familiares, segredos, mocinho que também tem problemas familiares, uma perda, amigos incríveis romance e aprendizado.
Shaw crescendo sendo praticamente um objeto decorativo na vida dos seus pais. Fazendo de tudo para agradar os pais que nunca deram o devido valor para a filha, Shaw continua tentando ser amada por eles, sem ter qualquer resultado. Crescer se sentindo sozinha era algo que ia acabar acontecendo se não tivesse conhecido Remy e toda a família Archer. Ter sentimentos pelo irmão difícil do seu melhor amigo não foi fácil, assistir ele com uma garota diferente por dia era doloroso, mas ela ainda conseguia fingir que não a incomodava, até não querer fingir mais.
Rule sempre foi o rebelde da família e tudo piorou quando perdeu seu irmão e melhor amigo. Tendo de lidar com uma família que não o aceitava e o julgava, ainda assim, ele conseguiu ser alguém, trabalhando com tatuagens, algo que ele simplesmente ama e não ligando para a opinião alheia. Cresceu convivendo com a Shaw e acreditando fielmente que ela era namorada do seu irmão, até que uma noite mudou tudo para ele e todo o suposto ódio poderia não ser isso realmente.
Na Sua Pele: Rule - Homens Marcados #01 - Jay CrownoverVejo como duas almas quebradas. De um lado, tendo que lidar com uma família que não o aceita bem e com os julgamentos, do outro lado temos uma família que não ama e um ex que não aprendeu a ouvir não. Um homem que não liga para o que as pessoas dizem, uma mulher que só queria ser amada. Dois corações machucados que depois de tanto tempo sendo "conhecidos por conveniência", acabam se encontrando verdadeiramente e se ajudando.
Você vê um livro com aprendizados, violência contra mulher, o poder do dinheiro, recomeços e superações. Rule nunca será um homem fácil de lidar, mas a forma como ele tenta ser melhor por Shaw e vendo o quão leal ele pode ser, sendo ele mesmo é cativante e impossível não se apaixonar. Da mesma forma que Shaw pode ter sido uma menina “mimada” a vida inteira, mas mesmo assim ela tem grandes sentimentos guardados dentro de si, uma garota inteligente e que tem muito amor para oferecer e aceitar, e quando ela aceita que merece mais do que recebe, que ela pode ser alguém incrível sendo ela mesma, você só se vê ainda mais cativado por essa mocinha forte e incrível, apesar de tudo o que a vida jogou nela.
O final com certeza foi algo que esperei para eles. Nos fez conhecer os amigos desse casal e o irmão do Rule, alguém que merece o seu final feliz também. Todos eles te cativam sem dúvida nenhuma, desejando imensamente ler os livros desses amigos.
A capa é bonita, não maravilhosa, mas ainda assim, é bonita. Junto com uma tipografia que combinou com a capa. Poderia ter trabalhado a questão das tatuagens? Com certeza. Junto a isso temos uma diagramação e revisão maravilhosas, coisa que só facilitou a leitura e tornou o livro ainda mais maravilhoso.
Com certeza me apaixonei imensamente por essa história. É gostoso de ler, é cativante e apaixonante.


Leia Na Sua Pele

Talvez você goste

0 comentários