[RESENHA] Fury - Novas Espécies #01 - Laurann Dohner

Fury - Novas Espécies #01 - Laurann Dohner

O primeiro livro da série conta com a apresentação dessa nova “espécie” humana. Originados em laboratório, com a pior das intenções, esses homens e mulheres com mescla de genes humanos e animais são nossos heróis. Não há beleza, muito menos simpatia desses mocinhos que foram tratados apenas como ratos de laboratório. 
Apesar do drama inicial, tudo inicia com a libertação dessas espécies de seus cativeiros e a criação de uma nova colônia. Mesclando metamorfose e instinto animal, começamos a série com Fury, o mais arredio e intolerante de todos dessa espécie. Ele sofreu nas mãos dos cientistas malucos e com esse trauma, veio uma raiva maior, de uma mulher que trabalhava como enfermeira. Ele confiava nela e por um mal-entendido, ele se viu traído e só pensava em vingança.

Há tortura, sofrimento e confusão. Narrado em primeira pessoa, acompanhamos os conflitos internos desse homem forjado para ser rude. Ellie, a enfermeira que ele tanto odeia, foi enganada e assim que ela descobriu os maus-tratos que aconteciam, ela tentou libertar Fury.
Fury reencontra Ellie e a história começa a ficar para lá de interessante e intensa. Ele quer vingança, apesar da atração irrefreável que sente. Ela quer esclarecer o mal-entendido e tentar se expressar, mostrar o quanto ela gosta dele, mesmo achando irracional.
Há quem diz que o primeiro momento íntimo dos dois foi violento e forçado. Outros podem dizer que foi apenas libertador, de ambas as partes, já que o conflito inteiro extrapolou o que acontecia externamente.
Novas espécies estavam alojadas em uma “cidade” restrita e bem protegida. Há movimentos para que essas pessoas sejam exterminadas, que sejam reintegrados na sociedade, que sejam considerados humanos... Algo bem parecido com os mutantes e a aceitação da sociedade com o desconhecido.
Apesar de dar ênfase a esse início de série, explicações e o vilão da história, além das informações de como tudo aconteceu, acompanhamos a evolução do relacionamento de Ellie e Fury, o quanto eles se gostam, mas relutam para aceitar o amor que ambos sentem. A possessividade de Fury e a delicadeza de Ellie transforma a leitura apaixonante, porque odiamos mocinhos ciumentos na vida real, mas os literários...


Leia Fury
Amazon - Saraiva - Submarino - Cultura - Shoptime - Americanas - Folha - Walmart


Nenhum comentário:

Postar um comentário