[RESENHA] Deixada Para Trás - Charlie Donlea

Na trama vamos conhecer a história de Megan e Nicole e um ponto em comum que liga as duas: o sequestro de ambas. Megan é a típica gar...

Deixada Para Trás - Charlie Donlea

Na trama vamos conhecer a história de Megan e Nicole e um ponto em comum que liga as duas: o sequestro de ambas.
Megan é a típica garota americana, bonita, recatada, envolvida com os assuntos da comunidade e filha do xerife de Emerson Bay.
Nicole era o oposto fazia coisas para chamar atenção e era conhecida por seus excessos, agressividade, e pela vulgaridade.
Ambas estudavam na mesma escola e como já é típico entre adolescentes, existia uma rivalidade entre as duas. Nicole fazia de tudo para irritar Megan, inclusive dando em cima de seu namorado o tempo todo, porém, em uma noite, durante uma festa, ambas acabam sendo sequestradas, o que acaba fazendo com que suas histórias fiquem interligadas. 
Tudo fica sem explicação, até que em um dia quando todos estavam quase perdendo as esperanças, Megan consegue fugir do cativeiro e é ajudada por um senhor que ela encontra na estrada, ela então conta sua versão da trama, a qual a todo tempo não parece ser muito confiável (pelo menos eu fiquei com essa sensação).
Após voltar para casa, mesmo muito traumatizada, Megan tenta retornar sua rotina, mas nada nunca mais será o mesmo. Com sua história no auge da mídia e para alegrar sua mãe, ela decide após um ano do sequestro escrever um livro contando tudo que lembra dos momentos em que esteve no cativeiro até o momento da fuga, ela entra na lista das autora best-seller e o livro se torna um enorme sucesso, porém uma pergunta que nunca se cala: E Nicole? Bom, ela parece ter sido esquecida por todos. Pelo menos pelas mídias sociais, e o mistério de como Megan fugiu e Nicole ainda está desaparecida é o que faz dessa trama, tão incrível.
"Essa entrevista só podia incluir os detalhes mais belos. As partes inspiradoras. A figa heroica, o futuro brilhante e as garotas que, com certeza, seriam ajudadas pelo livro. A entrevista dessa manhã foi uma conclusão do drama de Megan McDonald e tinha de acabar com sucesso. Não podia incluir nenhum elemento desagradável que ainda perdurasse a respeito daquele verão. Sobretudo acerca de Nicole. Nicole Cutty sumira. Essa não era uma história de sucesso."
Em meio a isso conhecemos Lívia. Irmã mais velha de Nicole, que a muito tempo saiu da casa dos pais para ingressar na universidade e nos dias atuais está fazendo um curso de especialização em patologia forense. O sequestro de Nicole deixou uma marca irreparável na vida dela, e quase sempre ela faz a si mesmo perguntas do tipo: "e se eu fosse mais presente na vida de Nicole, e se eu tivesse dado atenção no dia que ela ligou pedindo ajuda, isso teria acontecido?" E se...
Passado um ano desde o desaparecimento da irmã, Lívia ainda procura respostas para o que aconteceu e espera que um dia, possa usar sua profissão para auxiliar familiares na mesma situação que a sua. 
Lívia trabalha e faz sua especialização no Instituto médico legal, e acaba recebendo o corpo de um flutuador (nome dado aos cadáveres que são encontrados boiando nos rios e mares), ela tem a missão de realizar a autópsia e, ao contrário do que todos pensam, descobre que a causa da morte não foi um suicídio como todos imaginavam. A partir daí a trama dá uma reviravolta, a identidade do corpo é descoberta, o jovem chama-se Casey Delevan e após Jessica, uma amiga de Nicole lhe entregar uma foto, Lívia relaciona o rosto na foto junto a sua irmã com o cadáver em que ela realizou a autopsia e acaba por saber que Casey, era namorado da sua irmã na época do sequestro. A partir daí, Lívia fica obstinada a investigar o verão em que Nicole desapareceu e descobrirá que ela e Megan não foram as únicas vítimas. 
Mas, revirar o passado de Nicole pode ser algo doloroso, ela não era quem a família esperava. Nicole era vingativa e tinha um lado completamente sombrio, que nos é revelado através dos capítulos em que nos é apresentado o verão do sequestro.
"Às vezes, encontrar respostas resulta num novo conjunto de perguntas"
Além disso tudo ainda temos conhecimento da mente que planejou todos os sequestros, cativeiro, pensamentos sombrios e suas vítimas.
A trama é cheia de reviravoltas e muito bem escrita, a leitura flui de uma forma perfeita, o autor consegue que fiquemos apreensivos e curiosos para saber o que vem a seguir. Os personagens são bem intensos e complexos. O enredo trabalha um tema que é bem sombrio e nos deixa bem assustados, desde a trama até os personagens, tudo nos prende e conquista.
A editora Faro realizou um trabalho excelente. Desde as páginas que alteram de cor de acordo com o período que está sendo contado, presente e o verão que ocorreu o sequestro, além de outros detalhes que deixam todo o conteúdo, bastante enriquecedor. O livro é dividido em prólogo e mais seis partes.
Nunca havia lido nada do autor, porém, já conhecida a fama do mesmo, por conta de um outro livro bastante aclamado, chamado A garota do lago (que confesso, estou bastante curiosa para ler), o gênero literário dele, um dos meus favoritos foi um dos motivos que me deixou tão empolgada com a leitura das duas obras.
Deixada para trás é um livro bastante empolgante, que faz com que tenhamos momentos de tensão, curiosidade, ansiedade e que nos deixa bastante intrigados com cada nova revelação que é feita, por isso, caro (a) leitor (a), recomendo que você leia o mais rápido possível e com a certeza que não irá se arrepender!

Deixada Para Trás - Charlie Donlea
Leia Deixada Para Trás


Talvez você goste

0 comentários