[RESENHA] Driven: Guiada pela necessidade. Seduzida pelo desejo... - Driven #01 - K. Bromberg

06:30:00

Driven: Guiada pela necessidade. Seduzida pelo desejo... - Driven #01 - K. Bromberg
Driven é um livro intenso. Conhecer o Colton e a Rylee me deixou apaixonada, intrigada e irritada.
Rylee é uma mulher machucada. Perdeu pessoas que amava cedo e ainda não foi capaz de superar. Trabalhando com crianças órfãs, ela dedica sua vida a isso, até conhecer Ace e toda a intensidade que vem junto com ele.
Colton, também conhecido como "ACE" para Rylee, é um corredor. Corridas de fórmula 1 é o que ele faz e ama. Teve um começo de vida difícil, mas depois de ter sido adotado, tem vivido de forma intensa, amando principalmente sua família adotiva e a sua profissão. Não está procurando relacionamento, somente diversão, até a Rylee aparecer em sua vida e tudo virar uma enorme confusão.
Uma festa, um encontro no armário, um leilão, uma aposta e tudo o que ambos acreditam muda, mesmo que para um seja mais difícil de aceitar que para outros.
A história desse livro foi a introdução de como o casal se conheceu e se envolveu. 
Vemos o quanto a Rylee ama o seu trabalho e faz de tudo pelos meninos que ela cuida. Também somos apresentados ao sistema. Com o é difícil uma adoção e o quanto essas crianças sofrem, tanto nos mostrando o preconceito, como a vida dolorosa antes de chegarem a esse lar. E apesar de não mostrar muito, vemos que Colton também sofreu quando criança e o quanto ele valoriza o trabalho da Rylee, principalmente por ele quase ter feito parte de um desses lares.
Ao longo do livro, você sente raiva das atitudes controversas do Colton, da forma como a Rylee é forte, mas não parece ter amor próprio. Apesar da língua afiada, é só o Colton falar algumas palavras bonitinhas e ela já está com ele. Isso me irritou imensamente. Além de todo o relacionamento ser baseado em sexo, mesmo que seja escolha principalmente do Colton, ainda assim, é tudo em volta do sexo. 
O final do livro com certeza te deixa revoltada, apesar do medo evidente do Colton devido ao seu pesado, ele ainda foi um enorme babaca e claro, me fez implorar pelo próximo para saber o que irá ocorrer depois daquele final revoltante.
A capa do livro é bonita, apesar de ser sem cor, ela ainda combina com o livro. Junto a isso, temos uma diagramação e revisão linda. Senti falta do ponto de vista do Colton, porém ainda assim, eu gostei de ler esse livro e aguardo ansiosamente o próximo livro.

Driven: Guiada pela necessidade. Seduzida pelo desejo... - Driven #01 - K. Bromberg

Leia Driven

TALVEZ VOCÊ GOSTE

0 comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *