Follow Us @dayukie

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

[RESENHA] Doce Prisão - Trilogia Os Montenegro #02 - Jas Silva

Doce Prisão - Trilogia Os Montenegro #02 - Jas Silva
Depois de conhecer Mari e o Gui em Ilusão, temos a história do Marcos e a sua Ratinha, Rachel. Um casal problemático e culpo principalmente o Marcos, acho que nunca senti tanto ódio de um mocinho, como ele me fez sentir. Claro, que depois, nasceu um amor imenso por ele, mas de início, só pensei em formas de tortura-lo.
Rachel trabalhou por um longo período na empresa Montenegro. Sendo assistente pessoal do Marcos, ela teve contato direto com ele por muito tempo, além de acabar nutrindo sentimentos pelo seu chefe, principalmente depois da relação deles deixar de ser somente profissional. Porém, depois de acusações serem feitas e Rachel ser demitida, ela simplesmente pegou suas coisas e sumiu.

Marcos é um homem que gosta de estar no controle. Dono de uma das mais famosas empresas de vinho, ele sempre controlou tudo ao seu redor, até que por conta de armações, ele acabar demitindo sua assistente e amante, o tornando uma pessoa desesperada em busca da Rachel.

Encontrar sua ratinha foi praticamente sua meta de vida durante 2 meses e quando a encontrou, fez de tudo para manter em sua mente que era somente sexo e nada mais.
Rachel está passando por um momento difícil, lidar com a doença do pai e trabalhar em um local precário tem sido o seu dia-a-dia, até Marcos a encontrá-la. Os sentimentos ainda estão ali, mas a vontade de ser usada por ele novamente sem ter amor, algo que ela almeja em sua vida a faz recuar e ela vai lutar com todas as duas forças para não cair em tentação, porém isso acaba sendo impossível, principalmente quando a necessidade de dinheiro para ajudar o seu pai fala mais alto e uma proposta é feita.
Uma surpresa chega, lutar contra os sentimentos se faz presente e lutar contra as consequências das escolhas se tornam inevitáveis, principalmente quando o medo de perder para sempre é grande. E claro, quando o passado volta para atormentar esse casal, a consequência pode ser fatal.
O livro é maravilhoso. Você sente um desejo absurdo de bater no Marcos por tantos erros cometidos, mas no final, o desejo pegar no colo e falar que está tudo bem aparece. Você vê bem evidente o amadurecimento dos personagens, a confiança, o cuidado, carinho, ciúme, intriga e no final a entrega real e total dos sentimentos que tanto lutaram para não ter e para preservar. 
O final com certeza foi o que esperei para o casal, além disso a autora soube trabalhar os pontos para aguçar a curiosidade para o próximo livro, sabendo que personagens odiosos vão voltar, com certeza.
Você se depara com tantos sentimentos durante o livro, que por muitas vezes você precisa parar, respirar e falar "agora vai". É tanto amor e ódio que a história desperta, que você não sabe o que sente no final, apenas... Para e fica ali, com um turbilhão de emoções, abraçada ao livro.
A capa do livro é simplesmente linda demais. Além de manter a identidade visual do livro anterior, a delicadeza foi algo que apreciei demais. Acrescente a diagramação maravilhosa e pronto, amei o livro. Mesmo que ele precise de uma revisão para erros de digitação, ainda assim o livro é maravilhoso. O tema, a forma como a autora soube trabalhar os personagens, a quantidade certa de sexo e a trama faz o livro valer a pena, mesmo que Ilusão, o primeiro livro, ainda seja o meu preferido, conhecer esse casal me encantou e fascinou.

Doce Prisão - Trilogia Os Montenegro #02 - Jas Silva

Compre Doce Prisão
Amazon - Saraiva - Cultura - Americanas - Travessa - Shoptime

Um comentário:

  1. Ahhhh que linda!!! Eu sempre fico preocupada quando vejo resenha do Marquitos porque o homem não é fácil, não e? É muita intensidade para um ser só, rsrsrs. Obrigada pela resenha Dai! ❤️💜

    ResponderExcluir