Follow Us @dayukie

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

[RESENHA] Cage - Andy Collins

Cage - Andy Collins
Um livro repleto de dor, sofrimento, tensão e por fim amor, junto com superação e compreensão. Cage é totalmente fora daquilo que imaginei no livro. Já digo que se você não tem estômago para assuntos pesados, não leia Cage, pois ele trata de temas que a sociedade ainda custa aceitar, mas que existem e que é e sempre será doloroso, porém se você estiver pronto para encontrar a verdade sobre coisas que muitos costumam não entender, então leia Cage e prepare-se para mergulhar em um livro doloroso, mas maravilhoso.
Erin e Cage sempre se amaram. Foi amor à primeira vista no colegial, porém, tudo foi por água a baixo quando Cage encontrou a sua garota na cama com o seu irmão. Partindo para a sua vida de jogador famoso, ele se foi sem olhar para trás.
Erin teve de lidar com a consequência da sua mentira. Vendo o homem que amava quase matar o irmão, Luke, uma mentira saiu e a sua vida mudou completamente.
Duas almas quebradas e tudo por culpa da mesma pessoa, além de uma grande mentira.
Anos se passaram e na vida de Erin era uma dor diferente. Saudade, medo, máscaras, mentiras.... Sentimentos angustiantes faziam parte do seu dia-a-dia. Conviver com um marido que colocava medo nela constantemente, além de toda violência física que enfrentava era o preço que ela estava pagando para manter o seu filho bem. Cage retornar depois de tanto tempo é algo que ela não estava preparada e principalmente, era algo que ela não sabia lidar. 
Com o passado retornando, as mentiras começam a cair e as verdadeiras faces são expostas. O livro é intenso. Cheio de sentimentos conflitantes, você consegue sentir toda a dor da Erin, todo o sofrimento que o Luke causava nela, apesar de ser difícil de compreender os motivos que a levaram a aguentar por tanto tempo, somente quem vive toda essa dor, sabe realmente como é difícil sair de toda a teia de mentiras e dores em que a Erin tinha caído.
Me indignei eternamente por muita gente ter fechado os olhos, apesar do Luke aparentar ser um ótimo médico, o melhor pai do mundo e fingir ser um ótimo marido, para as pessoas próximas a forma como a Erin se comportava, as mudanças poderiam ser algum indicio. Porém, como eu disse, é difícil julgar os motivos para as pessoas demonstrarem fechar os olhos para tudo aquilo que ela vivia. 
Com um final que contava tudo o que era necessário saber para compreender as atitudes tomadas pelos mocinhos, o livro em si, aborda um tema que te faz pensar: ISSO ACONTECE MAIS DO QUE IMAGINO. A forma como a autora escreveu o livro, demonstrando que a violência existe, sem precisar sempre ir a fundo descrevendo minuciosamente cada detalhe foi algo que ajuda a você a compreender a existência, sem te traumatizar. Você sentir todas as dores da Erin, sentir raiva pelo Luke psicopata, ficar brava pelo Cage ter demonstrado desistir facilmente do passado e conhecer um pouco mais a história de alguns outros personagens, amigos dos nossos mocinhos, te faz ter um enorme aperto no coração e abrir os olhos para a realidade. Aquela mesma que as pessoas têm dificuldade de aceitar. Violência doméstica existe, o estupro existe e não precisa vir de um desconhecido, isso é algo que pode ocorrer com alguém próximo a uma mulher e esse livro deixa isso bem claro, além de mostrar toda a dificuldade que uma mulher que sofre isso enfrenta.
É intenso, você precisa estar pronto para o que o livro vai mostrar. As dificuldades, diferente dos outros livros que vem só para causar o clímax, é apresentado desde o começo e a autora soube explorar a história mostrando o passado e o presente, auxiliando na compreensão de como chegaram aquele ponto. Outra coisa que ajuda a entender o livro, é o fato dos pontos de vista estarem intercalados. Você consegue ver os problemas e os sentimentos de cada um, o quanto foi difícil para eles darem um passo sem que machucasse outra pessoa e a importância que as pessoas tem na vida dos mocinhos.
"Ferida na alma não se curam, Erin, mas ela nos deixam mais fortes..."
A capa do livro é linda, simplesmente me deixou fascinada. Adicione a uma ótima diagramação e revisão, e pronto. Você não consegue parar de ler, mas como eu disse, leia o livro se você tiver preparado para toda a violência que a Erin vai sofrer. Esteja pronto para conhecer um mundo que você lê nos jornais, mas que não mergulhou realmente de cabeça naquele assunto. No entanto, também quero que esteja pronto para conhecer o caminho da superação e do amor. De mostrar que quem ama, luta e ajuda até o fim, algo que Cage e Erin fizeram com afinco, e ensinaram isso para os seus leitores.


Cage - Andy Collins
Leia Cage

Nenhum comentário:

Postar um comentário