A Bela e o Chefe - Ruby Lace
Sinopse:
O primeiro trabalho de Nora Maia está longe de ser o dos seus sonhos, e ainda mais longe da área profissional a qual ela almeja seguir e lutou com unhas e dentes para ingressar na faculdade, a de medicina. Em vez disso, Nora sacrificou tudo para trabalhar como governanta de um dos homens mais ricos e cobiçados do país, Átila Douglass. Mas todo sacrifício é válido para ajudar àqueles a quem ama.

Átila Douglass nasceu em berço de ouro, é um grande apreciador de bebidas e mulheres, vantagens de ser herdeiro de uma grande rede de cervejaria. Seu nome é mundialmente conhecido pela marca de qualidade Douglass. No entanto, por trás do sorriso galanteador e do bom status, se encontra um homem grosseiro e com um temperamento difícil de lidar. Ninguém foi capaz de suportar sua personalidade tempestuosa por muito tempo, com exceção dela. 

Isolados em uma ilha, segredos sombrios vem à tona, assim como o sentimento avassalador entre os dois. Porém, diante de um momento difícil e perturbador, o maior sacrifício ainda será feito. Tudo, é claro, em nome do amor.

A Bela e o Chefe é uma história maravilhosa e eu creio que seja uma releitura moderna e muito bem adaptada da história “A Bela e a Fera”. Nesse livro temos romance, atração, perdas, dúvidas e um tema que não são todos os livros que abordam, mas é um tema importante: As drogas.
Nora é uma mulher doce, porém batalhadora. Desistiu da faculdade que tanto sonhou em cursar para ajudar a mãe no trabalho. Vendo o quão doente a mãe ela está e ainda tendo um irmão mais novo, Nora vai atrás de um emprego e acaba indo trabalhar na mansão do Átila Douglass, um homem que também é conhecido como “A Fera”, devido ao seu humor e a sua libertinagem. Conhecer o Senhor Douglass foi um enorme desafio para Nora. Lidar com a beleza estonteante dele e a eterna grosseria e mau humor se tornou a sua rotina, mesmo que não o visse com frequência, além de lidar com a limpeza depois das “festinhas” do Átila. Porém as coisas começam a mudar um pouco entre eles quando uma tempestade ocorre e eles são obrigados a ficar juntos durante um tempo.
Aqui conhecemos um outro lado do Átila. Ele sendo carinhoso e cuidadoso, sendo um homem e não uma fera e é assim que o encanto entre ambos se torna mais forte e principalmente, os aproximam. Depois de uma noite maravilhosa o relacionamento avança e as coisas estão caminhando bem, porém há um segredo que Átila guarda de Nora e um passado extremamente doloroso.
Lutar com a droga, ver a relutância em abandonar o vício, acreditar que é “somente essa dose” faz parte dos dias do Átila. Nora ter que lidar com essa situação só mostra o quão forte ela é, mas nem com toda a força do mundo é possível lidar sem ajuda. 
Nesse livro temos amigos maravilhosos os apoiando, porém senti falta da presença familiar por parte do Átila, algo que ele necessitava, mas temos a família apoiando a Nora, os amigos do Átila se fazendo presente não só para ele, mas para ela também e vemos a luta diária que as pessoas amadas enfrentam com um usuário de drogas.
Amei o fato da autora abordar o tema droga no livro, mostrando que não é só a classe baixa que enfrenta esse problema, mas pessoas de classe alta também, um problema que não atinge somente uma classe, mas todas e também apresenta a dor que as pessoas que amam sofrem com essa situação e o quão difícil é.
A capa do livro é linda e simples, porém remete bem a releitura do livro. Junto a isso temos uma diagramação e revisão maravilhosa, o que fez com que a leitura fluísse de forma rápida e gostosa.
O livro te prende, cativa e te deixa ansiosa, preocupada e suspirando pelos personagens. Apesar de ser um tema doloroso, a história é gostosa e cheia de amor. Vale a pena leitura desse livro!


Conheça A Bela e o Chefe
Amazon (e-book)

7 Comentários

  1. Li recentemente um livro com uma premissa bastante parecida com esta estória, em que a autora mostra um lado que a sociedade não vê em relação aos usuários de droga, que pode se instalar nas melhores famílias, seja rico, ou pobre. Outro ponto, e a forma como conduziu a estória mesmo que o mocinho não tenha o apoio familiar, os amigos estão ali prontos para ajuda-lo. De modo geral gostei muito deste livro.

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Essas releituras estão cada vez mais bacanas! Ainda mais quando se trata de A Bela e a Fera. Tem como não curtir?
    Fiquei bem curiosa em relação a essa nova história. Parece ser uma leitura bem delicinha, com um romance de nos fazer dar alguns suspiros e também de nos apaixonar.
    Essa questão da força da personagem e dos vícios do personagem, chamam bastante a atenção.
    Parece ser um livro bem cativante mesmo. Espero conferir um dia desses...
    Beijos
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  3. Dizer que eu amei a resenha é pouco! Muito obrigada, querida!

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Releituras de clássicos sempre me deixam com um pé atrás para ler. Ainda mais a bela e a Fera que é um dos meus favoritos contos de fada e concordo que a capa esta simplesmente maravilhosa.
    A história parece bem bonita ao abordar um tema muito sério das pessoas que vivem diariamente nessa batalha contra o vício.

    ResponderExcluir
  5. Oi!!
    Amei a resenha e essa estória e vou ler daqui alguns dias esse livro. Adoro livros adaptada das histórias de contos de fadas e essa da Bela e a Fera sem dúvida é maravilhosa!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  6. Esse livro parece ser muito romântico. É bom saber que aborda o tema drogas e tudo mais. É como se fosse um conto de fadas da atualidade. É muito legal quando o livro flui assim né? Gostei do enredo desse tbm.

    ResponderExcluir
  7. Li e amei. Recomendadíssimo. Linda história. Não conseguia parar de ler. Um conto de fadas moderno. Fiquei encantada.

    ResponderExcluir