A Sorte no Azar - Gisele Souza
Sinopse:
Leo é um homem que nunca teve muita sorte na vida, na verdade o rapaz é um azarado de carteirinha oficial. Aquele ditado: “Sorte no jogo, azar no amor” não cabe em sua filosofia, porque ele simplesmente não acerta em nenhum dos dois. 
Depois de mais uma desilusão amorosa, ele tenta afogar as mágoas e esquecer de seus problemas. Acaba bêbado, falando pelos cotovelos e precisa ser rebocado para casa... E é exatamente aí que sua sorte pode mudar. Ou será que não? 
Divirta-se com as trapalhadas do personagem mais azarado e fofo que você jamais conheceu.
Vou começar essa resenha falando o quanto eu estou amando cada vez mais as histórias da Gisele. Ela já entrou na lista das minhas autoras favoritas, sem dúvidas nenhuma.
Falar sobre A sorte no azar é muito fácil, pois é uma história super rápida de ler e que te prende do inicio ao fim. Eu, particularmente, li no mesmo dia. Gisele tem um dom incrível que de escrever histórias maravilhosas e que te fazem ficar ansioso por querer não largar o livro até acabar. Bom, mas vamos ao que interessa. O livro nos apresenta ao Leandro (ou Leo, como gosta de ser chamado), um cara azarado e que se apaixona muito fácil. Quando a ex- noiva de Leo, o troca por um político, ele decide ir a um bar afogar suas magoas numa garrafa de José Cuervo. Lá, ele acaba bebendo demais e fala mais do que deve, e tem as chaves apreendidas pelo garçom do bar, sendo obrigado a ir de táxi para casa, praticamente carregado. Ao sair do bar, ele conhece a motorista do táxi que tem a missão de deixar ele são e salvo em casa.
July, tem uma profissão, que na maioria das vezes é exercida por homens, ela é motorista de táxi. Tem os cabelos vermelhos, bonita e falando o que pensa, fazendo assim, com que Leo se apaixone por ela assim que a vê. Porém, July só tem um problema: é tão azarada quanto Leo, por isso ela carrega um trevo de quatro folhas pra sua garantia. Juntos eles percebem que às vezes tanto azar pode ser benéfico...
Não vou me prolongar mais, porque se não estrago o desenrolar e o final desse conto MA-RA-VI-LHO-SO! 
Não preciso dizer que achei a capa linda e muito criativa, a escrita da Gi (intima sim, porque ela é demais!) é incrível e te faz querer ler sem parar, a revisão como sempre está muito bem feita, e a história, bem, acho que já deu pra perceber o quanto é fofa e linda, então, não perde tempo e vai logo ler!



Adquira A Sorte no Azar

4 Comentários

  1. Ahhh, gente! Que coisa mais fofa!
    Ana, muito feliz que curtiu esses dois azarados. Eu adorei escrever o conto me diverti bastante. Obrigada pelo carinho, amei a resenha <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiquei apaixonada pelo Leo e pela July! E obrigada, fico feliz que tenha gostado! <3
      Amo seus livros!

      Excluir
  2. Eu já tinha me apaixonado pela capa, agora com essa resenha. Ana, você escreveu muito bem, sorte que eu já tenho esse livro, agora é só pular fila kkk

    Parabéns
    Beijos

    Blog Cah Couto

    ResponderExcluir