Follow Us @dayukie

terça-feira, 26 de julho de 2016

[RESENHA] Delícia, Delícia - Cupcake Club #01 - Donna Kauffman

Delícia, Delícia - Cupcake Club #01 - Donna Kauffman
Sinopse:
Quando a extraordinária confeiteira Leilani Trusdale trocou a agitação de Nova York pela pacata e doce Ilha de Sugarberry, não esperava que seu passado a seguisse. Seu antigo chefe, Baxter Dunne, também conhecido como Chef Hot Cakes, o homem que ensinou a ela que o creme compensa, reaparece desejando filmar seu famoso programa de culinária. O problema é que ele escolheu filmar na Cakes by The Cup, a minúscula e aconchegante confeitaria de Leilani. Com seu olhar de brigadeiro de colher e aquele irresistível sotaque britânico -- que faz a moça babar e seu rosto corar como calda de cereja --, ele fez as fofocas de cozinha rolarem soltas. 
Lani, lá no fundo, só deseja que algumas sejam deliciosamente verdadeiras... Os amigos estão convencidos de que o ex-chefe é o ingrediente que falta para a definitiva receita de felicidade dela. Porém, Baxter terá que botar a mão na massa se quiser tirar do forno um grande, verdadeiro, quentinho e saboroso amor. No Clube do Cupcake, cozinhar é apenas um detalhe. Entre altos papos e doces lambidas, amizades crescem como pão quentinho e a vida vai ficando, hummmm, mais saborosa. Mas quando é preciso decidir entre a vida que você sempre sonhou e o amor da sua vida, só as melhores amigas, as melhores receitas e uma caixa cheia de Red Velvets podem ajudar. É hora de praticar boloterapia!!!

Delícia, Delícia é um livro leve e açucarado. Com receitas, descobertas e uma enorme dose de amor. Um livro cativante e gostoso de ler.
Leilani é uma mulher com uma missão: viver sua vida fazendo seus cupcakes em sua loja, na pequena ilha de Sugarberry em que ela está morando. Depois de praticamente fugir da correria de Nova York, onde ela tinha uma carreira sólida, conhecida por cuidar do grande Gateau, Leilani estava decidida a viver sua vida calma e sem pensar no seu antigo chef, Baxter, também conhecido como Chef Hot Cakes, devido ao seu programa. Entretanto, ela não esperava ele voltar para sua vida tão rápido. Baxter está decidido a fazer seu novo programa em cidades pequenas, iniciando pela ilha onde a Leilani está morando agora e para ajudar mais ainda na confusão toda dentro dela, Baxter está decidido a tentarem algo a mais do que o profissional que sempre tiveram. 
Só que os planos não saem como o Baxter desejou. Conhecer todas as nuances do Leilani foi a parte mais interessante, com certeza. Ver que Leilani não era somente a mulher calma e controlada que ele conheceu foi uma grande surpresa, o que tornou o interesse de Baxter por ela muito maior do que ele achou capaz. Creio que todos os lados da Leilani a torna uma mulher única e muito mais cativante do que a mulher que Baxter descreveu que ela era no Gateau e provavelmente isso tornou a história mais gostosa ainda, pois essas descobertas te incentiva a querer conhecer mais o que ela foi e o que ela é.
Para Leilani, lidar com as gravações em sua confeitaria foi o menor dos problemas. A paixão que ela sentia por Baxter, com certeza aumentou depois de realmente o conhecer além da cozinha. As coisas mudaram, mas estes dois tem uma provação maior para superar: a distância. Aceitarem manter contato foi algo grande, principalmente quando eles sabem o que sentem, mas o trabalho os impedem de ficar juntos e é com esta realidade que eles precisam lidar e resolver para terem seu felizes para sempre. E posso dizer que os amigos que eles vão fazendo ao longo do livro tornou o livro mais leve ainda, além de ser engraçado. Uma idosa competitiva e fofoqueira, uma amiga maluca, um amigo gay maravilhoso e outros personagens secundários que conseguiram seu espaço no livro foi realmente algo grande. Além de ter conhecido a boloterapia. Sempre soube que cozinhar para muitos é algo terapêutico, entretanto para os personagens deste livro é quase como uma lei para ajudar a clarear os pensamentos e acalmar os nervos. E foram nestes momentos que me auxiliaram a compreensão dos motivos que levaram a Leilani a tomar certas atitudes, ajudando a não odiá-la tanto por sempre tentar afastar Baxter de sua vida.
Foi um livro leve, com vários pontos bem clichês e que por muitos momentos me deixou com uma enorme fome, além de ser rápido de ler e bem gostoso.
O livro é contado em terceira pessoa, mas de uma forma interessante. Intercalando capítulos, mostrou a visão de cada personagem pelo ponto de vista do narrador, pegando os pensamentos, o que viam e as falas, algo que para mim, de certa forma, foi novo. Achei que por ser um livro assim eu teria mais dificuldade em ler, entretanto foi rápido e fluiu super bem. 
Delícia, Delícia - Cupcake Club #01 - Donna Kauffman
A capa mesmo que seja bem simples, ficou bem temática. A tipografia combinou com o livro, além da diagramação estar linda, com detalhes no livro inteiro, entretanto senti falta de uma nova revisão. Não houve erros grotescos, mas errinhos de digitação tinha sim.
Posso afirmar que este livro, mesmo sendo um romance bem açucarado, vai trazer grandes lições também. Valorizar o que temos, lutar por aquilo que desejamos, aprender a lidar com os desafios que o mercado no sentido profissional impõe, mostrar que todas as escolhas têm consequências e boas ou ruins, foram grandes lições que com certeza irei levar para a vida. Além disso, o final com as receitas me fez mesmo querer mesmo fazer alguns cupcakes. Vale a pena a leitura, principalmente para sair de alguma ressaca literária fortíssima.


Adquira Delícia, Delícia.

2 comentários:

  1. Já tinha lido outra resenha sobre esse livro, mas não foi positiva. Eu me apaixonei pela capa e fiquei inconformada de um livro com a capa tão linda ser ruim rs. Adorei sua resenha e ela me convenceu que Delicia Delicia pode ser delicia sim. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu aconselho mesmo a ler. É bem leve a leitura e rápida. Aquele tipo de leitura que você lê e precisa de mais, sabe? Além das receitas, que quero muito fazer! Cupcakes. <3

      Excluir