Follow Us @dayukie

quinta-feira, 28 de abril de 2016

[EXPOSIÇÃO] Tim Burton no MIS em São Paulo

Exposição do Tim Burton no MIS

Gente, vim compartilhar com vocês minha experiência que eu, sinceramente, considerei mágica, linda e um enorme aprendizado. Fui visitar a exposição do Tim Burton, no MIS (Museu de Imagem e Som), aqui em São Paulo.
Primeiro direi a parte chata, não temos muitas fotos. Por solicitação dos organizadores da exposição, não pude tirar nenhuma foto das obras divinas do Tim Burton. Entretanto, irei compartilhar mesmo assim como foi minha experiência lá e tentar descrever cada coisa que observei lá dentro.
Acho que vale ressaltar que ir com algo que tenha salto não foi algo inteligente, né? Sim, fui de bota, porque está um frio maravilhoso em São Paulo. Foi burrice, eu sei, mas fiz de tudo para não perder nada lá. E talvez eu tenha conseguido.
Logo que entrei a primeira coisa que me foi dita: Não tirem fotos! E a segunda foi: Pessoas legais descem pelo escorregador, pessoas "bleh" descem pela escada. Eu achei super legal essa interação do monitor que nos recepcionou. Ele soube explicar tudo o que era importante, sem ser chato. Logo que você entra, a primeira coisa que você dá de cara é: Um monte de cabeças do Jack (O mundo estranho de Jack, se não assistiu, assista!), dentro de uma caixa, que ao apertar o botão, uma luz ficava piscando e as cabeças fazendo diversas caretas. Eu achei aquilo incrível demais! Queria ficar apertando pra sempre. Além de diversos desenhos feitos pelo Tim Burton, esboços do que iriam ser futuros personagens dos filmes ou simplesmente desenhos de criaturas que ele quis desenhar.
Foi possível ver com muita evidência que sim, ele vê o mundo meio distorcido, tanto que tinha uma sala, apresentando o desenho que ele fez quando jovem ainda e era para desenhar o esboço de uma pessoa e já estava distorcido, além de ter no final da folha, um pequeno monstro.
Enfim, voltando para a primeira sala, depois de descer o escorregador, dei de cara com vários desenhos do Jack, muitos desenhos aleatórios e até da Noiva Cadáver de uma forma bem bizarra, mas muito legal!
Na próxima sala, pude ver muitos desenhos aleatórios dele, além de ter uma tela muito legal. Era uma televisão, só que estava toda em branco ao olho nu, mas ao pegar um vidro e colocar na sua frente, consegue assistir ao filme do Tim e aquilo foi demais, incrível mesmo. Nesta sala também tinha esculturas dos personagens de alguns filmes e praticamente em tamanho real. Um cérebro, cachorro e cérebro, o porque disto? Não entendi, mas adorei mesmo assim.
Para passar para a próxima sala, tinha um corredor com diversos desenhos e a maioria feito em guardanapos, muitos pegados de hotéis mesmo. Alguns em Paris, ao menos foi os que consegui identificar e achei demais ver que a ideia vem onde você menos espera e que qualquer folha serve para expô-las. Também tinham feitas em folhas soltas de caderno e posso dizer, os desenhos eram incríveis! Alguns quadros expostos eram pintados com tinta, outros só com caneta ou lápis e eu acho isso demais. A capacidade dele de transformar tudo com o  que está ao seu alcance.
Na sala seguinte tinha uma espécie de réplica em miniatura de casa, com diversos esboços dele. Eram somente a ideia de algum personagem, mas que não foram pra frente. E poucos dessa sala foram, mas com diversas modificações, como João e Maria.
Já no corredor que me levaria a próxima sala, tinha uma parede incrível com diversos desenhos e se você não reparar bem, vai deixar passar batido o fato de que em alguns desenhos, tem buracos para ver outros quadros com desenhos do Burton, ou seja, ele te força a estar ligado em tudo, para não perder nada. O que foi muito legal na exposição. Você tem que estar atento a tudo, a todo momento.
E chegamos a última sala, que continha desenhos separados por filmes, como Edward, mãos de tesoura, Alice no país das maravilhas, Batman, a Fantástica fábrica de chocolate e muitos outros. Com TVs passando filmes do Tim e se ficar próximo a tela, o som fica mil vezes melhor, com uma espécie de abafador acima da sua cabeça, que foca o som para você. Tinha também muitas esculturas e uma das mais incríveis eram dos Oompa Loompas. Também tinha tablets fixos, mostrando os bastidores de alguns filmes, através de imagens e o que mais me chamou atenção foi da A Fantástica Fábrica de Chocolate. Com certeza, nunca mais verei esse filme da mesma maneira.
Além de uma sala estilo de cinema, passando os filmes do Tim Burton. Fiquei assistindo por um tempo do João e Maria e mesmo que seja antigo, ainda dá pra ver bastante os traços do Tim.
Creio que desta exposição sai com tanta bagagem e tantas lições que valeu cada segundo lá dentro. Aprendi por exemplo, a receber um não. Tim Burton mandou uma história para a Disney e eles rejeitaram a ideia. Aprendi que você pode encontrar e expressar suas inspirações em qualquer lugar, que não existe certo ou errado, cada um vê o mundo de uma forma e o Tim via de um jeito meio melancólico, meio alegre e muito bizarro.
Vão conferir, vale super a pena! A exposição vai até o dia 15 de Maio, então se você mora em São Paulo, ainda dá tempo. E ah! De terça-feira, a entrada é gratuita, nas demais o valor da meia é de R$ 20,00. O horário é: nas terças a sábados, das 12h às 21h e aos domingos e feriados das 11h às 20h.
Exposição do Tim Burton no MIS

2 comentários: