Follow Us @dayukie

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

[RESENHA] A Sereia - Kiera Cass

Sinopse:
Anos atrás, Kahlen foi salva de um naufrágio pela própria Água. Para pagar sua dívida, a garota se tornou uma sereia e, durante cem anos, precisa usar sua voz para atrair as pessoas para se afogarem no mar. Kahlen está decidida a cumprir sua sentença à risca, até que ela conhece Akinli. Lindo, carinhoso e gentil, o garoto é tudo o que Kahlen sempre sonhou. Apesar de não poderem conversar — pois a voz da sereia é fatal —, logo surge uma conexão intensa entre os dois. É contra as regras se apaixonar por um humano, e se a Água descobrir, Kahlen será obrigada a abandonar Akinli para sempre. Mas pela primeira vez em muitos anos de obediência, ela está determinada a seguir seu coração.

Kahlen tinha apenas dezenove anos quando embarca com a sua família em um navio. Ela não imaginava que, enquanto observava a sua mãe se arrumando para o jantar, sua vida mudaria completamente. Enquanto estava deitada no carpete, para evitar mais enjoo, uma música atraiu a atenção de todos na embarcação. Kahlen, assim como todos os presentes, saíram dos seus quartos em direção à misteriosa canção que encantava a todos, mesmo com a chuva torrencial que desabava lá fora. A única coisa que importava naquele momento era a música misteriosa que embalava todas as pessoas em direção à água. E quando observava as pessoas se atirando ao mar aberto, percebeu que não escaparia com vida dessa situação. Assim que seu corpo bateu na água, ela implorou pela sua vida. E o seu pedido foi atendido pela Água. Porém, com um certo preço a se pagar. Um corpo imutável e perfeito, que encanta, principalmente os homens, uma voz que os faz surtar e se suicidarem no mesmo instante e cem anos de servidão à Água, a alimentando com pessoas que se encantam com a sua música nos desastres marítimos. Centenas de vidas por ano salvam a vida de milhões, como diz a Água. É um preço justo a ser pago. Kahlen é diferente de todas as suas irmãs, ela é toda coração e fica extremamente mal a cada canto que ela faz para alimentar a Água. É a preferida da Água, e sempre fez questão de agradá-La, já que Ela a trata como filha e A ama profundamente. Elizabeth, Miaka, Ashling e Padma são suas irmãs, e assim como Kahlen, vivem na superfície como humanas normais, porém com a condição de nunca poderem usarem a sua voz entre as pessoas, ou o seu segredo poderia ser descoberto, trazendo assim, uma grande decepção para Água. Cada uma tem a sua personalidade, Elizabeth a rebelde, Miaka a artista e doce do grupo, Ashling a mais antiga e perto de completar os seus cem anos de servidão e Padma, a mais nova que sofreu muito na vida humana e ainda carrega suas dores por causa do que passou. Em uma das visitas à biblioteca faculdade, onde Kahlen gostava de passar o tempo lendo, observando os humanos, ou então, procurando referências de cada pessoa que ela levou para a Água, ela conheceu Akinli. Um jovem de coração puro e que desperta em Kahlen sentimentos que ela nunca possuiu antes. Mas com a sua trágica sentença de vida, ela não pode dar esperanças para ele, nem para si mesma, já que com qualquer possibilidade de usar a sua voz, Akinli seria levado pela Água. E também, ela ainda possuía mais vinte anos servindo a Ela. Li o livro em dois dias enquanto trabalhava. Sempre gostei da Kiera Cass e me surpreendi com a maneira que ela levou a trama. Um pouco de drama, como o segredo da Ashling e o fato do modo que a Kahlen passou por tudo isso. Adorei o fato de a Água não ser simplesmente um elemento, e sim uma das personagens principais, mãe, amiga e confidente. Em cada frase se percebia o amor que, apesar de tudo, Ela possuía pelas meninas.


Um comentário:

  1. Deve ser um livro super legal de ler, daqueles que você vai indo até o fim em um dia e não consegue desgrudar os olhos!
    Amei! Beijos!
    www.juliajolyblog.com.br

    ResponderExcluir