Follow Us @dayukie

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

[RESENHA] Remy - Real #03 - Katy Evans


Sinopse:

O lutador do circuito Underground Remington Tate é um verdadeiro mistério, até para si mesmo. Sua mente por vezes é assombrada por trevas, e ao mesmo tempo repleta de luz; ora atormentada, ora iluminada. Às vezes, suas ações e seu estado de espírito são cuidadosamente medidos; mas, subitamente, podem fugir do controle. Contudo, um amor improvável se revela a chave para o que aparentemente era apenas caos e aniquilação em Remy. Nenhuma mulher antes de Brooke Dumas havia vislumbrado seus segredos mais profundos, e suas paixões mais intensas. Em meio a todo esse cenário obscuro, enfim nasce uma constante: querer, precisar, amar e proteger Brooke. Desde o primeiro momento em que pôs os olhos em Brooke, Remy sabia, sem dúvida alguma, que ela seria a coisa mais real pela qual ele jamais teve que lutar. No terceiro livro da série, entre na mente singular de Remington Tate, o “Real” da Brooke, e descubra como o casal leva seu vínculo poderosamente sensual para o próximo nível.
---
Remy foi um livro fofo, mas não sei se era necessário.
Veja, apesar de ser o ponto de vista do Remington, o livro poderia ter ocorrido de outra forma ou não ter existido. Primeiro, porque ele volta ao passado, mostrando a versão dele do primeiro e um pouco do segundo livro, o que poderia ter sido colocado de outra forma, dentro dos primeiros livros. Segundo, que seria um bônus do casamento, como o casamento na igreja na igreja ocorreu, podendo ser explorado no segundo livro mesmo. Ou seja, se a autora tivesse trabalhado o ponto de vista de outra maneira, este terceiro livro não teria sido necessário.

Enfim, este livro mostra como ocorreu o casamento na igreja do Remy e Brooke, junto com o Racer, seu filho. Apresenta o amor incondicional que meu Tate sente pelo bebê e pela Brooke, além de ficar voltando no passado, em fatos importantes de quando eles se conheceram.

O que o motivou a demorar tanto para ter relações sexuais com a Brooke, o quanto foi difícil pra ele o medo de perdê-la por conta da sua doença e o quanto ele sentiu-se realizado em ver que ela o aceitava, apesar de tudo.
A dor que o Remy sentiu ao ver que ela não estava ao lado dele quando acordou no hospital, a confusão que sentiu dentro dele quando foi procurá-la depois da primeira separação, o ódio sentido ao ver o "presente" que foi dado a Brooke, o desejo em ser pai, a felicidade e bem todos os sentimentos do Tate e a grande confusão que o envolvia, mas de forma resumida. Afinal, houve grandes passagens de tempo, mostrando somente os pontos principais dos fatos ocorridos. Então sim, são dois livros resumidos neste último, além do casamento deles. 
Também é possível ter um deslumbre de como será o futuro deles, diante as viagens que o Remy precisa enfrentar, agora com um bebê e como ele se sente ao ter sua vida completamente diferente.
Se este livro vale a pena? Sinceramente, não.
Ao meu ver, ele é desnecessário.
E sim, eu sempre vou amar as capas destes livros. Seguindo a mesma identidade visual, este com certeza ficou tão lindo quanto os outros. Me deixa simplesmente encantada o cuidado que a editora teve em manter a identidade.
Enfim, se quiserem conhecer um pouco melhor a cabeça do Tate, leia este livro, caso o contrário, não irá te acrescentar em nada.


Adquira já na Amazon em físico ou e-book.
Corre lá!

2 comentários:

  1. Que coleção maravilhosa, Remy é incrivelmente apaixonante! É sem dúvidas uma história que prende a gente do inicio ao fim e não dá pra parar de ler,pelo menos comigo foi assim,tudo nesses livros são maravilhosos! Essas capas ficaram lindas!!! Esse livro pelos olhos do Tate,nos fez realmente entender tudo que se passava com ele, e a autora, Deus,como ela abordou o tema tão bem,mostrando todos os lados de quem sofre o transtorno que ele tem,enfim, como você mesmo disse e concordo, a história poderia ser abordada de outro jeito,distribuída no outro livro,mas ainda sim eu gostei muito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto do pov do Tate, mas ainda achei esse livro super desnecessário! Porém, ainda é o Tate, né? <3 HAHAHAHAHA
      E eu sou super apaixonada por essas capas, sério! <3

      Excluir