Sinopse:
Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. 
Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa e deseja evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.
--

Nem farei a pergunta cretina do "quem já leu esse livro?" Por que tenho certeza que a maioria vai responder que já leu.
Então eu apenas vim expressar meus profundos sentimentos por este livro e veja que são profundos mesmo. Eu fui de amor ao ódio em um piscar de olhos. Sério.
Primeiro que... Abby, eu sei que cada um enfrenta seus fantasmas da forma que pode, mas poxa, precisava agir feito uma menina mimada o livro inteiro?
E Travis, você bancou o bad boy lindo o livro inteiro, para ficar chorando feito um bebê no final?
Foi frustrante sim, muito.
Enfim, logo no começo eu odiei as atitudes da Abby, mocinha problemática não foi o erro, mas a forma como ela agia, como uma menininha mimada e toda sofredora. Querida, todos têm problemas, mas a forma como encarou, me irritou muito.
Ok, morando no dormitório da faculdade com sua melhor amiga America ou Mare, namorada do primo e melhor amigo do Travis, o Shepley. A Abby acaba conhecendo sem querer o nosso querido bad boy.
Ela tentando evitá-lo, ainda mais depois de descobrir que ele é um lutador e ele tentando se aproximar, por uma infeliz coincidência, Abby acaba indo passar um tempo na casa do Travis, junto com a Mare e o Shepley. Bem, apesar de todos os avisos na mente maluca dela para se manter afastada e saindo com outro cara, depois de algumas discussões com o Travis, ela vendo que ele estava tentando ser bom para ela (ele deu até um cachorrinho para ela! Eu me apaixonei muito por ele aqui) e tudo mais, ela acaba tendo uma linda noite quente com o Travis, antes de voltar para o dormitório. Veja, ela dormiu com o cara e saiu de fininho como uma qualquer. Desculpa, mas eu achei isso. Me processem.
Enfim, depois disso ele começou a correr atrás dela e ela “terminou” com o outro POR TELEFONE e deu uma chance ao Travis. Ok, esse outro poderia ser um idiota, mas isso NÃO SE FAZ. Eu fiquei puta com isso sim!
Bem, como eu disse antes, a Abby tinha um passado e esse passado bateu na sua porta, seu pai voltou pedindo ajuda financeira para pagar dívida de jogo e quem acabou pagando foi o Travis, só que, ele acabou elevando demais a aposta e perdeu a sua garota.
Daí vem o drama, ele correndo e chorando atrás dele e ela esnobando, até que ela decide dá mais uma chance para ele e é claro, algo tem que acontecer. Um incêndio, o pavor, medo e bem... O final fica para você que não leu o livro e vai comprar! HAHAHA
Se você leu eu digo que.... Esperava mais, mas tudo bem. Tem mais livros do casal.

Sinceramente, eu não sei se gosto ou não da capa desse livro.
Conseguem entender o porquê eu ainda não sei se amo ou odeio esse livro? Minha relação com esse livro é indefinida.
Leiam o livro e tirem suas próprias conclusões, porque ainda estou tentando descobrir meus sentimentos. HAHAHA

Deixe um comentário