Quem já leu Louca Por Você? Eu comecei a ler no Wattpad, só que na época que comprei, a A.C. Meyer já tinha tirado metade da plataforma, então acabei comprando o livro só pra saber o final.
Comprei quando as vendas ainda eram feitas diretamente com a autora,ou seja, tenho a primeira edição de Louca por você. HAHAHA
Confira a sinopse e eu te conto mais!

Sinopse:
Atenção: esse livro contém altas doses de romance, situações hilárias, garotos sensuais e o best friend gay mais maravilhoso de todos os tempos...
Julie tem dois grandes sonhos: cantar profissionalmente e fazer com que Daniel a enxergue como mulher. Ele é o charmoso dono do badalado bar After Dark e se diz avesso a compromissos, sempre pronto para noitadas casuais. Em uma noite de muito movimento, o estabelecimento se vê sem um vocalista para dar continuidade à programação musical, e Julie é colocada por um dos sócios de Daniel à frente da banda para resolver o problema.
Mas a voz e a presença de palco da nova cantora encantam o público... e também o atraente garanhão. Descontrolado de ciúmes, Daniel está disposto a usar toda a sua autoridade para tirar Julie dos holofotes e dar uma chance ao seu verdadeiro amor. Ele só não contava com as investidas insistentes de Alan, o sexy guitarrista da banda, que resolveu fazer de tudo para conquistar o coração da nossa mocinha.
Será que o sonho de Julie finalmente vai se concretizar com Daniel ou seu verdadeiro príncipe encantado é o guitarrista sensual?
--

É um romance bem açúcar, sabe? Para você sair com diabete de tão fofo!
Jullie desde pequena queria ser cantora, além de ser apaixonada por Danny e por muito tempo ficou o esperando, enquanto ele a via apenas como sua meia irmãzinha.
Sério, Jullie quem fica esperando uma vida inteira por um cara que te vê como uma criança, quando você é diva e tem um monte de homem te querendo?
Enfim, ela saiu da casa dos pais de Danny e sua irmã a Jo, que também é sua melhor amiga, e foi morar em um apartamento ao lado do dele, meio que por opção do Daniel e dela própria (cadê amor próprio, né?). Enfim, isso causou muita dor a ela, pois como o Dani é galinha, ele levava um monte de mulher para sua casa e ela ouvia tudo.
Porém mesmo assim, continua loucamente apaixonada pelo cara. Sério, porque faz isso, sabe? Cadê o "se valorizar mais"? Acho que isso me deixou extremamente frustrada o livro inteiro. Talvez por eu ser meio independente e não deixar os homens pisarem em mim, odeio ver mulheres que aceitam isso, meio que "está tudo bem, aceito suas migalhas".
Enfim, continuando. Após uma viagem do Daniel para resolver problemas do futuro bar dele com seus sócios, Jullie ganha uma chance inusitada em cantar no bar, após um cantor que iria apresentar no dia, simplesmente desistir. Depois de se apresentar lindamente, ser assistida e filmada, colocarem o vídeo no Youtube e ter o delicioso do Alan a querendo, Daniel volta e tentar mandar de novo nela, lógico que isso depois de ver todo o potencial da menina e descobrir que ela é uma diva.
Depois de um plano entre Jo e George, Jullie e Alan para causar ciúme no Dani, eles terminam juntos após Dani fazer uma linda declaração para ela.
Até é claro, Dani ser um babaca, "cansar" da vida a dois e sair para uma festa, esquecendo de uma data importante para os dois e magoando a Jullie.
Só que é claro, como sempre, Jullie tendo muito amor próprio, com uma pequena declaração e um pedido de desculpas do Dani, volta para ele.
Antes que perguntem, a parte do amor próprio foi irônico sim. Porque sério, quem aceita um homem que te magoou loucamente por tanto tempo, de volta tão rápido? Essa é uma história que me faz odiar muito a mocinha, mas odiar mesmo, pelo simples fato dela se amar tanto, mas tanto, que aceita o cara depois de tanta besteira feita por ele.
Enfim, eles voltaram, muito amor, muita melação, até ela querer casar. A pressão dos pais, da Jullie, eu quando ela diz que o ama, Dani entra em pânico e acaba fazendo besteira novamente. Porém dessa vez as coisas foram diferentes. Jullie ganhou uma oferta para cantar em um grande hotel e se mudou para Manhattan. Ela só não esperava estar grávida do seu grande amor (ou obsessão) e muito menos, que depois de um tempo, ele simplesmente reapareça, se declarando e tudo mais.
Enfim, esse livro ele é bem diabético HAHAHA, mas faltou algo, sabe? Ele foi meio corrido, pulou diversas coisas importantes. Ok, foi objetivo? Sim, mas faltou algo que desse mais embasamento a história. Quem salvou bastante esse livro, foi o George, o amigo gay. Não tem como não rir e amar esse cara. 
Quanto as capas, eu prefiro a atual (sim, tenho uma grande preferência pela atual). Ela parece ter mais vida, sabe? HAHAHA



Se eu recomendo? Bem, apesar de tudo, a leitura é bem gostosinha. Com um pouco de romance hot, mas com excesso de melação, serve para você que quer uma leitura rápida.



Deixe um comentário